Manhã sangrenta bairro Santa Marta - AP


Manhã sangrenta bairro Santa Marta:

                              matou a mulher e se suicidou



Sete anos depois de uma tragédia ocorrida no Observatório Monoceros, quando um ex-marido inconformado com a separação tentou tirar a vida de sua esposa, suicidando-se em seguida, o Bairro Santa Marta voltou a ser palco de uma nova tragédia passional.
Na manhã do dia 17 de outubro, um outro marido ciumento, inconformado com a separação, tirou a vida de sua ex-mulher, matando-se em seguida. A cena do crime foi o apartamento 301 do Edifício Acácia, um condomínio de prédios populares recentemente construído na extensão do Bairro Santa Marta, denominado de "Santa Marta 2".
Ninguém sabe precisar, com certeza, tudo o que aconteceu. O fato é que, por volta de 6h40min da manhã desta última quarta-feira, o caminhoneiro Wendel Santos Ferreira, de 38 anos, invadiu o apartamento de sua ex-companheira,  Adriana dos Santos Martins, de 31 anos e, na frente do fillho desta- um garoto de apenas 6 anos- desferiu um tiro certeiro contra o peito da moça, atingindo-lhe o coração. Adriana ainda estava deitada. Ao receber o tiro, caiu ao chão, entre a cama e a parede, local em que Wendel também caiu morto, ao lado da ex-companheira, após ter dado um tiro de revólver contra a sua própria cabeça.
Wendel e Adriana (cuja família é de Angustura) viveram juntos por cerca de dois anos, em uma casa no escadão do bairro Esplanada. As brigas do casal, nos últimos tempos, tornaram-se constantes. A moça, muito bonita, despertava os ciúmes do companheiro que, por sua vez, ausentava-se com frequência, devido à sua profissão de caminhoneiro. Adriana já tinha passado por outros relacionamentos antes de conhecer Wendel. Tinha três filhos: a  adolescente M.F., de 14 anos; R., de 9 anos; e o pequeno J., de apenas seis anos- única testemunha do bárbaro crime ocorrido na manhã de quarta-feira.
Cansada das discussões e agressões físicas do marido, Adriana enamorou-se de outro homem, e resolveu pedir a separação, que não foi aceita. Na noite de segunda-feira, aproveitando a ausência de Wendel, Adriana resolveu sair de casa, deixando para trás a vida que havia construído com seu companheiro. Não levou nada, nenhum móvel. Apenas as roupas e objetos pessoais. Partiu para uma nova vida ao lado de um homem 22 anos mais velho que ela, mas que a tratava como uma verdadeira rainha. Já no primeiro dia, a jovem e seus filhos encontraram caixas e mais caixas de móveis para montar, totalmente novos, recém-chegados da loja em um caminhão baú. A casa foi toda montada com tudo o que há "do bom e do melhor". O dia de ontem, terça-feira, conforme relatos dos vizinhos- que não tiveram tempo para conhecer a nova moradora- foi de bastante barulho de martelos e furadeiras, na montagem do novo lar. Pela primeira vez depois de tanto tempo, Adriana dormiu tranquila, sem imaginar o que a esperava na manhã do dia seguinte.
Nesta quarta-feira, 17 de outubro, o novo companheiro de Adriana, Afrânio Machado, de 53 anos, levantou cedo e, em seu primeiro dia na função de padrasto, pegou os filhos de Adriana para levá-los à escola. Em casa só ficou o menorzinho, de apenas 6 anos. Afrânio teve sorte e escapou com vida.
Wendel, o marido abandonado, não sabia para onde Adriana havia se mudado. Mas tinha uma informação preciosa: sabia onde estudava a filha mais velha dela e também o namorado da adolescente. Seu destino estava traçado: a Escola Estadual São José. Na manhã de hoje, antes das 6h30min, ele estava à frente da escola, à espera do menor R., namorado da adolescente M.F.. Assim que avistou o carro de Wendel, R. ligou para Adriana, avisando-a de que o ex-companheiro estava de volta a Além Paraíba. Adriana, por sua vez, de casa, telefonou para o atual companheiro, Afrânio- que havia levado as crianças à escola- dando conta do que estava acontecendo. Preocupado com o comportamento do ex-marido, que já havia ameaçado a mulher de morte, Afrânio aconselhou Adriana a não abrir a porta, e que atendesse Wendel da janela do apartamento, que fica no segundo andar do prédio. Mas o inesperado aconteceu. Armado de um revólver, Wendel fez o garoto R. de refém, exigindo que ele o levasse à casa da mãe de sua namorada. Sob a mira da arma, o adolescente cumpriu a determinação e guiou o assassino até o Bairro Santa Marta.
Wendel estava transtornado pelo ciúme e pelo ódio da ex-mulher. O pneu esquerdo traseiro de seu veículo Tempra furou devido à direção perigosa pois ele passava correndo por cima de todos os obstáculos, sem desviar. Nada deteve a fúria assassina do caminhoneiro. Ao chegar no prédio para onde Adriana se mudara, eles se depararam com a portaria trancada, mas Wendel obrigou R. a chamar pela faxineira do condomínio que, ao reconhecer o adolescente, abriu a porta. O assassino subiu os dois lances de escada para ganhar o segundo andar e não esperou por ninguém para adentrar no apartamento: arrombou a porta, causando um enorme barulho, que os vizinhos imaginaram vir da montagem dos novos móveis, como ocorrido durante o decorrer de toda a terça-feira. Eles só foram se dar conta da tragédia e acionar a polícia, minutos após os tiros, quando o pequeno J., de 6 anos, bateu desesperado na porta da vizinha gritando: “Vovó, mataram minha mãe”.


A Seguir Veja Algumas Fotos Disponibilizada Pelo " Agora Jornais "


O rabecão conduz os corpos para o necrotério: o fim trágico de um casamento.

No interior da nova casa, os novos móveis, recém-montados: esperança de uma nova vida.

Wendel parou seu carro, um Tempra, em frente ao prédio e subiu até o segundo andar, onde arrombou a porta, entrou no quarto de Adriana, matou a ex-mulher e se suicidou.

Wendel e Adriana: personagens da tragédia passional que abalou Além Paraíba neste dia 17 de outubro de 2012.


           Fonte:

                                       




3 comentários:

  1. ficou muito boa matéria esta de parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Giovani, Mas Eu Somente  Republiquei Ela Aqui Em Meu Blog,
    Vamos Agradecer Tambem Ao Jornal Agora!

    ResponderExcluir
  3. Ah, Obrigado Pela Sua Visita, Peço Que Siga Meu Blog Logo A Cima, Obrigado!

    ResponderExcluir

Olá, Obrigado Por Visitar Meu Blog, Deixe Seu Comentário E Suas Opiniões!