Pornografia Pode Enfraquecer Memória


 

Para quem acreditava que a pornografia era uma atividade relacionada primordialmente a estímulos visuais intensos, temos novidades. Um novo estudo, realizado por pesquisadores da Universidade de Groningen, da Holanda, sugere que assistir a filmes eróticos pode, na verdade, desligar a região do cérebro conhecida como córtex visual primário, responsável por processar os estímulos visuais.

De acordo com o site Live Science, que conversou com um dos autores do estudo, Gert Holstege, a maioria das ações que envolvem assistir a filmes ou praticar qualquer outra atividade visual faz com que o fluxo de sangue para essa região aumente. Entretanto, quando essa atividade envolve assistir a filmes eróticos explícitos, ocorre o contrário. Ou seja, o cérebro parece desviar o fluxo de sangue para outras regiões, provavelmente para aquelas responsáveis pela excitação sexual.

Tomografias e fluxo sanguíneo


Os pesquisadores realizaram tomografias dos cérebros de mulheres enquanto elas assistiam a três tipos de filmes: um documentário sobre a vida marinha do Caribe, um clipe que mostrava cenas de carícias preliminares, e um terceiro, apresentando cenas de sexo explícitas.
Os resultados mostraram que as cenas explícitas provocaram reações físicas mais fortes entre as participantes e que o córtex visual primário recebeu um fluxo de sangue bem menor que o recebido durante as exibições dos outros filmes.
Para os pesquisadores, essa resposta do córtex pode ser entendida como o cérebro se concentrando mais na excitação do que no processamento das imagens, como se estivesse tentando guardar o máximo de energia possível, desligando todas as regiões que não são necessárias nesse momento. Ou seja, mais ou menos como as reações de fuga e luta, que fazem com que o cérebro estimule o nosso organismo a responder de determinada maneira em situações de stress.


Fonte: TecMundo

0 comentários:

Olá, Obrigado Por Visitar Meu Blog, Deixe Seu Comentário E Suas Opiniões!